Inbound marketing: conteúdo para prospectar novos clientes

Os consumidores estão cada vez mais exigentes e se interessando por produtos e serviços que realmente tenham a ver com eles, do contrário, vão para o concorrente em apenas um clique.

Para isso, é fundamental produzir uma comunicação que atraia e engaje para fechar mais negócios. Hoje, fazer isso, não é mais um diferencial, mas uma obrigação para se manter no mercado. Justamente dessa necessidade, nasceu o inbound marketing.

Sabemos que o inbound marketing é novo e que muitos empreendedores ainda não conhecem ou ainda tem dúvidas. Por isso, neste artigo, vamos explicar certinho o que é inbound marketing e por que ele é fundamental para prospectar novos clientes para sua empresa.

O que é inbound marketing?

O inbound marketing também é conhecido como marketing de atração e tem como base o SEO, marketing de conteúdo e redes sociais.

Por meio de conteúdo relevante, atrai o cliente em potencial, mostrando realmente solução para os seus problemas e não oferecendo o produto ou serviço a eles de maneira agressiva, como era realizado há um tempo não tão distante.

Com essa estratégia de inbound marketing, as pessoas impactadas são aquelas que realmente tem interesse no que a sua empresa oferece.

Elas se sentem confiantes e permitem que a sua comunicação seja cada vez mais próxima, criando um vínculo que pode resultar na venda.

De maneira bem resumida, o inbound marketing atrai o cliente pelo conteúdo e, depois disso, são apresentados a soluções que só serão resolvidos com o seu produto ou serviço.

É muito mais sútil do que o marketing tradicional, mas também muito mais eficiente por ser segmentada e falar diretamente com o público-alvo, sem atirar para todos os lados.

As principais características do inbound marketing

Para exemplificar o que é de fato o inbound marketing, separamos algumas características:

  • Existe interação entre a marca e os clientes a partir do conteúdo publicado no blog e nas redes sociais, por exemplo.
  • O conteúdo é pensado estrategicamente e alimentado de maneira contínua, para que o cliente receba sempre nos momentos mais convenientes (entender a persona é fundamental para isso).
  • Por não ser uma comunicação agressiva e utilizar informações e conteúdos relevantes para criar o vínculo, o engajamento é muito maior do que em outras estratégias de marketing.
  • Os e-mails marketing são disparados para o público segmentado e no momento certo por meio de um fluxo de nutrição.

Qual a diferença entre inbound marketing e outbound marketing?

Ressaltamos que o inbound marketing alcança muito mais resultados do que as estratégias de marketing tradicionais, como o outbound marketing, então agora é a hora de explicar realmente a diferença entre as duas.

São estratégias com diferentes focos, porque o inbound marketing quer conquistar o público-alvo de maneira espontânea, planejando cada etapa do funil de vendas até que se converta em vendas.

Para isso, como dissemos, é preciso criar vínculo com o cliente a partir de conteúdo relevante e de soluções para os problemas dele.

Enquanto isso, o outbound marketing tem uma abordagem mais agressiva, principalmente pelo setor de vendas, como é o caso do telemarketing.

Não existe abordagem certa ou errada, tudo depende do seu segmento e do seu público-alvo baseado na persona que você montou.

O outbound marketing tem uma comunicação mais unilateral, onde a marca diz o público ouve, além de ter uma interrupção constante tentando convencer o cliente a comprar e um menor engajamento.

Ainda é a mais utilizada, porém, o inbound marketing vem ganhando espaço, ainda mais pela popularização das redes sociais que facilitam a comunicação entre empresa e consumidores.

E aí, gostou do inbound marketing? Entre em contato e vamos pensar na melhor estratégia para a sua empresa.

Sem dúvida, vai alcançar excelentes resultados com o seu público. Se tiver qualquer dúvida, estamos à disposição. Entre em contato pelo site, redes sociais ou aqui pelo blog. ❤

Jornalista, copywriter (mas pode me chamar de redatora também!) e crítica de cinema. Apresenta há 3 anos o Cine CBN, da CBN de Maringá, e escreve sobre cinema para blogs e outros veículos. Chora em O Rei Leão, sonha com a Nicole Kidman e reza para a santa Cher. É pós-graduanda em marketing digital e docência do ensino superior.